" Até onde posso vou deixando o melhor de mim...
Se alguém não viu...
Não me sentiu com o coração."
Clarice Lispector





Caso seja necessário copiar as questões elaboradas pela autora desta página, faça de forma que não haja exclusão do nome do blogger.
Agradeço a compreensão.



Qualquer dúvida relacionada aos conteúdos deste blogger entre em contato pelo endereço
ronyfaieth@hotmail.com.

















quarta-feira, 2 de maio de 2012

prova sobre as orações substantivas


1. (ETF-SP) Leia atentamente cada uma das opções e destaque a que esteja de acordo com o texto abaixo.

Para fazer uma boa compra no ramo imobiliário, não basta ter dinheiro na mão. É imprescindível que o comprador seja frio, calculista e bem informado. Na hora de comprar um imóvel, a emoção é um dos maiores inimigos de um bom negócio. Assim, por mais que se goste de uma casa, convém manter sempre certo ar de contrariedade. Se o vendedor perceber qualquer sinal de emoção, isso poderá custar dinheiro ao comprador. Não é por outra razão que quem compra para especular ou apenas para investir costuma conseguir um melhor negócio do que quem está à procura de um lugar para morar.

a)Quanto maior a disponibilidade financeira do comprador, maior a probabilidade de sucesso no negócio imobiliário.

b) Disponibilidade econômica não é o único fator que possibilita a realização de um bom negócio.
c) O vendedor, por preferir negociar com investidores, desfavorece o comprador da casa própria.
d) Gostar de uma casa é psicologicamente importante em qualquer tipo de compra, seja ela para residência ou para investimento.
e) O mercado imobiliário oferece oportunidades mais seguras para o investidor que para o especulador.

2. Observe a oração em destaque.

É imprescindível que o comprador seja frio, calculista e bem informado. Essa oração tem a mesma função sintática da que está em destaque em:

a.     Convém manter sempre certo ar de contrariedade.

b.    Imaginava não ser classificado para as finais

c.      Quero que você fale a verdade.

d.     A verdade é que você não virá

3. Leia a tira



A fala de Mafalda  no último quadrinho estabelece em relação à oração principal a função sintática de:

a.     Aposto

b.     Predicativo                                    

c.      Complemento nominal              

Observe: no último quadrinho a fala deMafalda completa o sentido do nome vontade
d.       Objeto indireto

4. A oração “... de que os adultos andam com vontade...” no primeiro quadrinho classifica-se como:

a. subordinada substantiva objetiva direta

b. subordinada substantiva objetiva indireta

c. subordinada substantiva completiva nominal

d. subordinada substantiva subjetiva




5. Observe a tira:

5. Observe a função sintática de: do vento salgado batendo no meu cabelo em alto mar e sentimental, a seguir destaque a opção em que todas as orações em destaque apresentam respectivamente as mesmas funções sintáticas.
a)  I.Lembro-me de quando o vento batia nos meus cabelos.
II.A minha vontade era que eles nunca caíssem.

b) I.Nunca tive medo de que o vento desarrumasse os meus cabelos.
II. Sei que os cabelos não voltam mais.
C) I. Cheguei à conclusão de que amava o mar.
II. É certo que os cabelos não voltam.
d)I. Cheguei à conclusão de que amava o mar.
         II. A saudade é que me leva ao mar.

6. Leia:
É importante que sejam colocados avisos nos estabelecimentos, comunicando que a venda de bebidas alcoólicas para menores de idade é proibida, mas não podemos nos esquecer de que os pais devem orientar seus filhos quanto aos perigos do álcool.
 
Considerando as orações subordinadas substantivas, há, no período acima,
a) uma objetiva direta, uma completiva nominal e uma objetiva indireta.
b) uma subjetiva, e duas objetivas diretas c) uma objetiva direta, uma predicativa e uma objetiva indireta
d. uma subjetiva uma objetiva direta e uma objetiva indireta.

7. Considere este período simples:
                      A filha esperava o perdão do pai.

Fora de um contexto esse enunciado é ambíguo. Substituindo o termo o perdão do pai por uma oração substantiva adequada, reescreva o período duas vezes a fim de obter os dois diferentes sentidos que ela pode ter.
       A filha esperava que o pai fosse perdoado.
A filha esperava que o pai a perdoasse.

8. Observe o período:
É preciso amar as pessoas como se não houvesse amanhã. Sobre esse período é correto o que se afirma em:
a.     Amar as pessoas é uma oração substantiva subjetiva reduzida de infinitivo
b.     Amar as pessoas é uma oração substantiva objetiva reduzida de infinitivo
c.      Amar as pessoas é uma oração substantiva predicativa reduzida de infinitivo
d.     Amar as pessoas é uma oração substantiva subjetiva desenvolvida

Nenhum comentário:

Postar um comentário