" Até onde posso vou deixando o melhor de mim...
Se alguém não viu...
Não me sentiu com o coração."
Clarice Lispector





Caso seja necessário copiar as questões elaboradas pela autora desta página, faça de forma que não haja exclusão do nome do blogger.
Agradeço a compreensão.



Qualquer dúvida relacionada aos conteúdos deste blogger entre em contato pelo endereço
ronyfaieth@hotmail.com.

















quarta-feira, 18 de outubro de 2017




TESTE de LÍNGUA PORTUGUESA
ESTRUTURA e
FORMAÇÃO
de PALAVRAS

TRANSPLANTE DE AMOR
Gastrite é uma inflamação do estômago. Apendicite é uma inflamação do apêndice. Otite é uma inflamação dos ouvidos. Paixonite é uma inflamação do quê? Do coração.
Cada órgão do nosso corpo tem uma função vital e precisa estar 100% em condições. Ao coração, coube a função de bombear sangue para o resto do corpo, mas é nele que se depositam também nossos mais nobres sentimentos. Qual é o órgão responsável pela saudade, pela adoração? Quem palpita, quem sofre, quem dispara? O próprio.
Foi pensando nisso que me ocorreu o seguinte: se alguém está com o coração dilacerado nos dois sentidos, biológico e emocional, e por ordens médicas precisa de um novo, o paciente irá se curar da dor de amor ao receber o órgão transplantado?
Façamos de conta que sim. Você entrou no hospital com o coração em frangalhos, literalmente. Além de apaixonado por alguém que não lhe dá a mínima, você está com as artérias obstruídas e os batimentos devagar quase parando. A vida se esvai, mas localizaram um doador compatível: já para a mesa de cirurgia.

MEDEIROS, Martha. Non-Stop. Porto Alegre: L & PM, 2001. p. 43
1.       A palavra apaixonado formou-se pelo mesmo processo que:


a.       Impaciente
b.       Infelizmente
c.        Honestamente
d.       esfriar


2.No primeiro parágrafo do texto, as palavras: gastrite, apendicite,  e paixonite são formadas pelo processo de derivação:


(A)    Prefixal.
(B)    Parassintética.
(C)    Regressiva.
(D)    Sufixal.
(E)    Derivação imprópria.


3ª Observe as orações a seguir:
I.                    Com o susto, o menino enrubesceu.
II.                  Com o susto, o menino emudeceu.
Sobre o processo de formação das palavras em destaque estão corretos todos os itens, exceto:
a.       São formadas por derivação prefixal e sufixal
b.       São formadas por parassíntese
c.        São formadas por derivação prefixal
d.       São compostas por aglutinação
  Observe a tira:






Comente sobre o processo de formação das palavras enterrado e papelada presentes no segundo quadrinho da tira.
5. A palavra "embora" formou-se por:
      a) hibridismo     d) parassíntese
     b) aglutinação     c) justaposição

6.A palavra resgate é formada por derivação:
      a) prefixal         d) parassintética
      b) sufixal         e) imprópria
      c) regressiva
7. Indique os itens em que o elemento mórfico destacado está incorretamente analisado:
a) Manobr ista: sufixo
b) Re avalia sse mos: prefixo, desinência verbal modo-temporal, desinência verbal número-pessoal
d) Sufoc a m: vogal temática
e) Tinta s: desinência verbal número-pessoal

Questões com descritores



D1 -  localizar informações explícitas em um texto.

1.(L.P.Truques e Táticas) Leia o texto abaixo:

De tudo, ao meu amor serei atento antes
E com tal zelo, e sempre, e tanto
Que mesmo em face do maior encanto
Dele se encante mais meu pensamento

Quero vivê-lo em cada vão momento
E em seu louvor hei de espalhar meu canto
E rir meu riso e derramar meu pranto
Ao seu pesar ou seu contentamento

E assim quando mais tarde me procure
Quem sabe a morte, angústia de quem vive
Quem sabe a solidão, fim de quem ama

Eu possa lhe dizer do amor (que tive):
Que não seja imortal, posto que é chama
Mas que seja infinito enquanto dure

No texto, considera-se que o eu lírico
(A)       Acredita que o amor é eterno 
(B)      Dedica-se inteiramente à pessoa amada.
(C)     Incomoda-se com a indiferença da pessoa amada.
(D)     Lamenta-se pela impossibilidade da concretização do amor 
(E)     Vive angustiado pela finitude do amor


D2 - Estabelecer relações entre partes de um texto, identificando repetições ou substituições que contribuem para a continuidade de um texto.

2.(L.P.Truques e Táticas).No verso “ quero vive-lo em cada vão momento”, segunda estrofe, o pronome destacado faz referência ao
(A)   amor
(B)   encanto
(C)   momento
(D)   Pensamento
(E)   zelo
D3 – Inferir o sentido de uma palavra ou expressão
3. .(L.P.Truques e Táticas) A expressão “que seja eterno enquanto dure”, no último verso do poema, foi usada no sentido de
(A) afirmar que o amor deve ser vivido intensamente.
(B) esclarecer a eternidade do amor
(C) mostrar a brevidade do amor
(D) mostrar a finitude do amor
(E) ressaltar a fragilidade dos relacionamentos amorosos


D4- Inferir uma informação implícita em um texto.
D5 - Interpretar texto com o auxílio de material gráfico diverso (propagandas, quadrinhos, foto etc.)

4. .(L.P.Truques e Táticas) Leia a tira a seguir
 

   
A fala de Mafalda do último quadrinho sugere que
(A)   a causa dos problemas da humanidade é o stress das pessoas
(B)   A conversa em grupo pode gerar conflitos
(C)   A falta de consenso entre as pessoas compromete o futuro da humanidade
(D)   Os humanos não têm projetos para o futuro da humanidade
(E)   Os humanos são seres violentos e gananciosos


D6 - Identificar o tema de um texto
  
 5.(L.P.Truques e Táticas) Leia o texto abaixo                 
              
Quadrilha

João amava Teresa que amava Raimundo
que amava Maria que amava Joaquim que amava Lili
que não amava ninguém.
João foi para os Estados Unidos, Teresa para o convento,
Raimundo morreu de desastre, Maria ficou para tia,
Joaquim suicidou-se e Lili casou com J. Pinto Fernandes
que não tinha entrado na história
                                                Carlos Drummond de Andrade
O tema desse texto é
 (A)   o casamento por conveniência
 (B)   o desencontro amoroso
 (C)   a dificuldade que muitos têm de se entregar ao amor
         (B) a leviandade na relação amorosa
         (E) o suicídio como consequência do amor não correspondido