" Até onde posso vou deixando o melhor de mim...
Se alguém não viu...
Não me sentiu com o coração."
Clarice Lispector





Caso seja necessário copiar as questões elaboradas pela autora desta página, faça de forma que não haja exclusão do nome do blogger.
Agradeço a compreensão.



Qualquer dúvida relacionada aos conteúdos deste blogger entre em contato pelo endereço
ronyfaieth@hotmail.com.

















sábado, 26 de outubro de 2013

TESTE - CONCORDÂNCIA VERBAL E NOMINAL



As questões de número 01 e 02 baseiam-se no texto abaixo
           O brasileiro tem elevado grau de consciência sobre sustentabilidade, superior ao de moradores de países ricos como Alemanha e Suécia. Ao mesmo tempo, tem grande dificuldade em trazer o conceito para o seu dia a dia e para suas decisões de consumo. Escassez de água e poluição ambiental, por exemplo, figuram em terceiro lugar entre as maiores preocupações de 61% da população e ficam atrás de educação (68%) e violência (72%). Mudanças climáticas e
aquecimento global, por sua vez, são motivo de preocupação para 49% dos brasileiros.
           Quando a sociedade é questionada sobre suas ações efetivas para proteger o meio ambiente, os números são mais modestos: 27% dos brasileiros reciclam seus resíduos e fazem uso de produtos recicláveis; 20% afirmam conservar árvores; 13% dizem proteger a natureza e apenas 5% controlam o desperdício de água.
            Esses dados constam de uma pesquisa atual, em que foram ouvidas mais de 24 mil pessoas em dez países diferentes. O estudo também aponta o brasileiro como um dos mais atentos no mundo às práticas de sustentabilidade das empresas: 86% afirmam estar dispostos a recompensar companhias com boas práticas e 80% dizem punir as que agem de forma irresponsável nas questões socioambientais.
           Há também ceticismo em relação à falsa propaganda sobre as atitudes "verdes" das empresas. Para 64% dos brasileiros elas só investem em sustentabilidade para melhorar sua imagem pública. Outro obstáculo é que os produtos "verdes" ainda são vistos como nichos de mercado e ficam restritos a consumidores de maior poder aquisitivo
          O porta-voz do estudo no país acredita que o elevado grau de consciência sobre sustentabilidade pode ser explicado pela presença do tema na mídia e pela percepção de que os recursos naturais são um diferencial no Brasil, considerado um país rico nesse aspecto.
(Andrea Vialli.O Estado de S. Paulo Vida & Sustentabilidade H6, Especial, 30 de outubro de 2009, com adaptações)
                                                                                                                                                   
De acordo com o texto
(A) a maior preocupação dos brasileiros se reflete nos  problemas oriundos da escassez de água em algumas regiões.
(B) a sociedade brasileira demonstra pouco interesse quanto aos problemas ambientais, embora se disponha a reciclar seus resíduos.
(C) a percepção do aquecimento global parece superar as demais preocupações encontradas na sociedade brasileira.
(D) a consciência ambiental no Brasil mostra avanços, apesar de não se observarem realmente efeitos práticos dessa percepção.

A concordância verbal e nominal está inteiramente correta na frase:
(A) Chegou ao fim as campanhas voltadas para a reciclagem de materiais nas cidades escolhidas no projeto-piloto.
(B) A conscientização dos moradores daquela área contaminada pelos resíduos tóxicos acabaram surtindo bons resultados.
(C) Muitos consumidores se mostram engajados na luta pela sustentabilidade e traduzem seu compromisso em tudo aquilo que compram.
(D) Atitudes firmes e claras voltadas para a sustentabilidade na exploração dos recursos da natureza deve  trazer lucros promissores para as empresas.
(E) Deveria ser divulgado claramente os princípios que norteiam as atividades empresariais, como diretriz para orientar os consumidores.
QUESTÃO 03
“ Escassez de água e poluição ambiental, por exemplo, figuram em terceiro lugar entre as maiores preocupações de 61% da população”
Justifique o uso do verbo “figuram” no plural usado no trecho.
 Concorda com o sujeito composto (  Escassez de água e poluição ambiental) anteposto ao verbo.

QUESTÃO 04                        
Até meados do século XIX, cinco milhões de africanos negros foram aprisionados e levados à força para o Brasil. Quando, em 1888, foi abolida a escravatura, não houve qualquer esforço no sentido de possibilitar condições dignas aos ex-cativos. Assim, até hoje, 125 anos depois, a grande maioria dos afrodescendentes continua confinada à base da pirâmide social: raramente são vistos entre médicos, dentistas, advogados, engenheiros, executivos, artistas plásticos, cineastas, jornalistas, escritores.
(Escritor Luiz Ruffato, trecho do discurso de abertura na Feira do Livro de Frankfurt)
Considere as regras de concordância verbal
I.         Passando para o plural o trecho “não houve qualquer esforço” a forma correta é não houveram quaisquer esforços.
II.        Em “ ...a grande maioria dos afrodescendentes continua confinada à base da pirâmide social” há erro de concordância, pois o verbo deveria estar no plural “continuam”
III.      Em “ ...a grande maioria dos afrodescendentes continua confinada à base da pirâmide social” o verbo pode ficar tanto no singular como no plural “ continua ou continuam”
Está correto o que se afirma em:

a.        I e II
b.       II e III
c.        Apenas a III
d.       Todas estão corretas

5. Obseve o uso do verbo haver na tira.
I.         Ocorreu um erro de concordância verbal  na fala do personagem  no 2º quadrinho : “faz mais de dois anos”
II.        A concordância estaria perfeita se o personagem optasse pela forma “fazem mais de dois anos”
III.      De acordo com a regra de concordância dos verbos impessoais, o verbo fazer foi flexionado corretamente.
Está correto o que se afirma em:

a.        I e II
b.        II e III
c.        Apenas a II
d.        Apenas a III

6.Aponte o erro de concordância verbal presente na tira e faça a correção necessária.


 O erro está no último quadrinho - E como se consegue essas coisas? A concordância deveria ser feita assim: E como se conseguem essas coisas?


Nenhum comentário:

Postar um comentário